Portal do Governo Brasileiro

Notícias do PAC

Assinar RSS O que é RSS?

Belém terá mais R$ 315,5 milhões para obras de mobilidade urbana

20 de Março de 2014

Mais R$ 315,5 milhões do Pacto da Mobilidade Urbana foram anunciados nesta quinta-feira (20/3) pela presidenta Dilma Rousseff, desta vez para Belém, no Pará. Os recursos serão destinados às obras do BRT de Belém e para implantação e requalificação de terminais rodofluviais, além de elaboração de projetos.
 
“Aqui nós estamos apoiando um sistema integrado, que é um sistema de transporte segregado que se chama BRT, e eu insisto em contar que se chama ligeirinho, insisto em contar isso. E o sistema de transporte fluvial. Então, essa nossa parceira é uma parceria importante", afirmou Dilma, durante a solenidade realizada na capital paraense. 
 
Veja fotos das obras em Belém.
 
Com 19,4 quilômetros, o BRT terá 27 estações para interligar as áreas de expansão de Belém, passando por vários bairros e reforçando as interligações da região metropolitana. As obras incluem drenagem, pavimentação com implantação de canaleta exclusiva, trecho com faixa exclusiva, calçadas, arborização e ciclovias. 
 
Recurso para mobilidade em Belém veio em boa hora, diz representante da central de movimentos populares.
 
Confira nosso Especial Mobilidade Urbana, com textos, imagens, vídeos e infográficos sobre obras em todo o país.
 
O Pacto de Mobilidade Urbana, anunciado em junho de 2013, previa R$ 50 bilhões para obras de mobilidade urbana em todo. Com mais os R$ 93 bilhões da carteira do PAC 2, são R$ 143 bilhões destinados à melhoria do transporte público nos grandes centros urbanos. Parte desse dinheiro vem do Orçamento Geral da União (OGU) e outra vem de financiamento público, com juros subsidiados. Os recursos são repassados aos estados e municípios, responsáveis pela execução dos projetos aprovados pelo governo federal.