Portal do Governo Brasileiro

Notícias do PAC

Assinar RSS O que é RSS?

Em reunião, Ceará pede R$ 2,8 bilhões para mobilidade

09 de Julho de 2013

Ministra Miriam Belchior (Planejamento) e ministro Aguinaldo Ribeiro (Cidades) recebem propostas de obras de mobilidade do governador do Ceará, Cid Gomes, e do prefeito de Fortaleza, Roberto Bezerra. (Foto: Ilkens Souza/ Ascom MPOG)

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, receberam nesta terça-feira (9), em Brasília, o governador do Ceará, Cid Gomes, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio para reunião sobre mobilidade urbana. Juntos, o governo do Ceará e a prefeitura de Fortaleza solicitaram R$ 2,8 bilhões. Esta foi a quinta reunião da série que os ministros estão fazendo de segunda-feira (08) até quarta (10) para discutir e receber projetos de mobilidade urbana dentro da carteira de R$ 50 bilhões anunciada pela presidenta Dilma Rousseff para o setor. Até o momento, o total solicitado por estados e prefeituras que se reuniram com o governo federal para novas obras de mobilidade chega a R$ 38,2 bilhões.
 
O governo federal já investe R$ 5,6 bilhões em mobilidade no Ceará. Segundo Miriam Belchior a proposta recebida nesta terça é objetiva e articulada. “Recebemos uma proposta bem articulada entre governo do estado e a prefeitura juntando modais mais complexos como o metrô e os BRTs, indo, inclusive, para a região metropolitana”, destacou a ministra. 

O governo do estado do Ceará solicitou R$ 1,8 bilhão em recursos para investir em novas linhas de ônibus com trechos exclusivos, os chamados Bus Rapid Transit (BRTs), e para ampliar em 36 km o metrô de Fortaleza. O governo pretende também eletrificar a Linha Oeste, que vai de Caucaia a Pecém, e o Terminal de Parangaba até Mucuripe. “Ficou acertado que o estado concentraria suas propostas de novos investimentos em obras metroviárias, que são obras mais complexas. E a prefeitura concentraria sua demanda em relação ao governo federal em implantação de novas linhas de ônibus com trecho exclusivos”, afirmou o governador Cid Gomes. 

Já a prefeitura de Fortaleza deseja receber R$ 1 bilhão em recursos para investir em quatro novas linhas de BRTs. “Todos esses projetos vêm acompanhados de melhorias na malha viária, calçadas e canteiros centrais. Nesses quatros trechos, haverá ligações via BRS, que são faixas prioritárias de ônibus”, destacou o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Além dessas demandas, a prefeitura também solicitou recursos para aquisição de novos ônibus articulados e estendidos para operar nas linhas de BRT. 

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, destacou a convicção de que as obras que estão previstas para a Copa do Mundo e as demais obras de mobilidade urbana estarão dentro do calendário previsto. “Temos aí um resultado extremamente positivo do ponto de vista do fortalecimento do transporte público de massa de qualidade”, disse o ministro.

Rodada de reuniões

O governo federal está realizando, ao longo desta semana, uma série de reuniões com governadores e prefeitos. O objetivo é discutir a destinação de R$ 50 bilhões anunciados por Dilma Rousseff para mobilidade urbana. Todas as propostas apresentadas serão analisadas e o resultado será divulgado pelas próximas semanas. Ainda não há data definida para a divulgação.

Para acompanhar a agenda de reuniões, acesse aqui. 
 

Saiba mais sobre este empreendimento