Portal do Governo Brasileiro

Notícias do PAC

Assinar RSS O que é RSS?

Fortaleza terá mais recursos para mobilidade urbana

22 de Novembro de 2013

Linha Oeste do Metrô de Fortaleza. Obra concluída.  Data: Maio de 2012
 
Fortaleza recebeu nesta sexta-feira (22) novos investimentos para mobilidade urbana. Serão destinados R$ 2,09 bilhões para duplicação e eletrificação da Linha Oeste do metrô, projeto para implantação do VLT Caucaia-Pecém, modernização dos sistemas de controle e operação da Linha Sul e BRTs.  A Linha Leste do metrô terá R$ 3,43 bilhões para a construção de 13,5 km de trilhos e 13 estações.  Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e foram anunciados pela presidenta Dilma Rousseff em cerimônia na capital cearense. 
 
O investimento total do governo federal no Ceará para mobilidade urbana chega a um volume de R$ 8,5 bilhões. O contrato público firmado para a construção da Linha Leste é o maior já realizado na história do estado. Quando concluída, os 20 trens elétricos que percorrerão a linha vão transportar 400 mil passageiros por dia.  
 
“Houve um tempo no Brasil em que se achava que não era preciso investir em metrô”, disse a presidenta, que também ressaltou a importância da parceria entre os governos federal e estadual para viabilizar projetos de mobilidade. De acordo com a presidenta, Fortaleza será uma das cidades brasileiras com maior “quilometragem proporcional de trilhos de metrô implantados com funcionamento do metro e com atendimento em estações à população da cidade”. 
 
Veja aqui onde serão os investimentos do PAC 2 em mobilidade urbana em Fortaleza
 
Ouça aqui a íntegra do discurso da presidenta Dilma Rousseff durante a solenidade realizada em Fortaleza.
 
 

Governador Cid Gomes e Presidenta Dilma Rousseff visitam obras de mobilidade urbana em Fortaleza.Em seu discurso, Cid Gomes, governador do Ceará, disse que “neste ano de 2013, nós quebramos todos os recordes de contratos da História do Ceará. Há três meses tínhamos assinado o maior contrato da história do Ceará, para a construção do Cinturão das Águas, no valor de R$ 1,2 bi, e agora acabamos de assinar a ordem de serviço para a Linha Leste, no valor de R$ 2,2 bilhões, que passou a se tornar o maior investimento público da nossa história”.
 
Creches
 
Na cerimônia, também foi assinada ordem de serviço para a construção de 86 creches. Com investimento de R$ 117 milhões, as creches fazem parte do PAC 2 e serão construídas por metodologias inovadoras em até sete meses. 76 unidades terão capacidade para atender 240 alunos e 10 unidades vão atender 120 alunos. 

Saiba mais sobre este empreendimento