Portal do Governo Brasileiro

Notícias do PAC

Assinar RSS O que é RSS?

Rio de Janeiro solicita mais R$ 4,3 bilhões para mobilidade

08 de Julho de 2013

Ministra Miriam Belchior recebe o governador e o prefeito do Rio de Janeiro em reunião sobre projetos de mobilidade urbana, no Ministério do Planejamento, em Brasília. (Foto: Ilkens Souza/Ascom MPOG)

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, realizaram no início da tarde desta segunda-feira (8), em Brasília, uma reunião com o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o prefeito da capital, Eduardo Paes. Na pauta estão as obras de mobilidade já em andamento e as propostas de novos empreendimentos que irão compor a carteira de R$ 50 bilhões anunciados pela presidenta Dilma Rousseff. Até quarta-feira (10), os ministros têm uma série de reuniões agendadas com governadores e prefeitos das maiores cidades brasileiras.  Os projetos selecionados serão divulgados dentro de algumas semanas, ainda não há data definida.
 
Segundo Miriam Belchior, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) investe R$ 18,6 bilhões em mobilidade urbana no Rio de Janeiro. Cerca de 63% dessas obras já estão em andamento no estado. Nesta segunda-feira, o governo e a prefeitura solicitaram um total de R$ 4,3 bilhões em investimentos. No estado a proposta de investimento é de R$ 2 bilhões para uma obra de monotrilho e outros R$ 2,3 bilhões para a prefeitura realizar obras de integração via Bus Rapid Transit (BRT). “São propostas que estão em sintonia com os projetos do governo e priorizam o transporte de massa”, ressaltou a ministra. 
 
O governador Sérgio Cabral solicitou recursos para um monotrilho que liga Niterói, São Gonçalo e Itaboraí. A previsão é que essa obra beneficie até 300 mil pessoas por dia. “Hoje, menos de 25% da população do Rio anda em transporte de alta capacidade. Com as obras em andamento que nós estamos realizando e essas que a ministra Miriam recebeu hoje chegaremos, na região metropolitana, a mais de 70% da população. Uma revolução na mobilidade e na qualidade de vida das pessoas”, disse.
 
O prefeito Eduardo Paes informou que a prefeitura solicitou R$ 1,3 bilhões para a segunda fase do BRT Transbrasil que liga Deodoro a Santa Cruz e mais R$ 1 bilhão para o BRT de integração entre a Avenida Brasil e a Transoeste. “Já estamos investindo fortemente em mobilidade com 150 Km de Bus Rapid Transit (BRT) e 28 Km de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), todos em obras. A Transcarioca inaugura em 2014, a Transolímpica em 2015 e a Transbrasil em 2016, todas no prazo e com execução garantida”, afirmou o prefeito. 
 
Confira aqui a programação das reuniões.