Portal do Governo Brasileiro

Notícias do PAC

Assinar RSS O que é RSS?

Prestação fica mais barata na faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida

08 de Maio de 2014

A redução da prestação máxima de quem financiou imóvel na faixa 1 do programa Minha Casa, Minha Vida (para quem tem renda de até R$ 1.600), de 10% para 5% da renda familiar, agora vale para todos dessa faixa. A portaria interministerial 237, assinada pelos ministérios do Planejamento, Fazenda e Cidades e publicada esta semana no Diário Oficial da União, estendeu o benefício concedido inicialmente em agosto de 2012, quando houve alteração nas regras do programa. No entanto, a alteração só atingiu contratos assinados a partir da alteração. Com a portaria desta semana, a alteração passou a valer para contratos de antes da alteração. O Ministério da Cidades estima que quase 16 mil famílias organizadas em cooperativas, associações e outras entidades serão beneficiadas.
 
A portaria 237 regulamenta a aplicação dessa regra - desconto de no máximo 5% da renda familiar - para os contratos assinados antes do dia 27 de agosto de 2012, com efeito para as prestações que ainda vão vencer, a contar de 6 de maio de 2014. Como os beneficiários do programa dividem as prestações dos imóveis em dez anos, a medida implica em desconto para as prestações que vão ser pagas até 2022.
 
De 2009 a 2013, o governo federal desembolsou R$ 73,2 bilhões em subsídios para os empreendimentos da faixa 1. Outros R$ 6,3 bilhões de subsídios foram destinados aos financiamentos imobiliários da chamada faixa 2 (famílias que ganham entre R$ 1,6 mil e R$ 3,275 mil).

Com informações da Agência Caixa de Notícias.